Notícias em Destaque

PRFs de São Paulo realizam nova edição do Chef pela Cura
Por: ASCOM SINPRF-SP 11 de Novembro de 2019 em: Notícias em Destaque

  Quem já não ouviu a frase: “Espalhe o bem, que a felicidade vem”. Movidos por um grande sentimento de doação e amor, Policiais Rodoviários Federais pertencentes ao grupo de motociclistas e da Comissão Regional de Direitos Humanos da 6ª SRPRF – São Paulo, realizaram nesta quarta-feira (06), mais uma edição do evento “Chef pela Cura”, na Associação para Crianças e Adolescentes com Câncer - TUCCA, localizada no Hospital Santa Marcelina, zona leste da cidade de São Paulo.

 

Tucca_04

Tucca_05

  A ação, que contou com o apoio do Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais no Estado de São Paulo (SINPRF-SP), proporcionou às crianças e adolescentes atendidos pela associação, um dia repleto de muita alegria. O chef Baccaro, Policial Rodoviário Federal com mais de 25 anos de experiência no policiamento das rodovias brasileiras e graduado em gastronomia, preparou um delicioso yakissoba, além de um merengue de sobremesa, sob os olhares atentos de algumas mães de pacientes, que acompanharam todo o preparo.

 

Tucca_06

 Indagado sobre como se sente em relação ao projeto “Chef pela Cura”, o PRF Chef Baccaro explica: “Muito bom fazer parte deste projeto. Acredito que são essas crianças e adolescentes que estão nos ajudando e não o contrário. Sinto que não estamos dando nada e sim recebendo muito deles. É muito gratificante”.

Tucca_07

  O destaque para as crianças, além do delicioso cardápio, foram as três motos BMW GS 800 usadas pela PRF no patrulhamento das rodovias, as quais foram disputadas como cenários dos cliques fotográficos dos pequenos.

Tucca_08

  Para o diretor do SINPRF-SP, Emílio Lescura, a verdadeira felicidade está na doação e amor ao próximo. “De nada vale nossas conquistas materiais ou pessoais sem acrescentar algo na vida das pessoas”, finaliza.

  PRF Baccaro e sua trajetória na gastronomia

Tucca_01

  O início da trajetória do Policial Rodoviário Federal, Baccaro, na gastronomia foi há cerca de 15 anos, época em que, com suas palavras: “misturava todos os ingredientes que dispunha, sendo que o resultado não ficava ruim, mas também não era possível identificar qual prato era”.

  Mas foi no ano de 2012, época em que Baccaro passou a ter mais tempo, pois havia deixado a chefia da 4ª DelPRF, que o destino trouxe a gastronomia de forma profissional para sua vida. Nesta época, quando participava de uma exposição na Universidade Guarulhos (UNG), representando o Grupo de Motociclistas da 6ª SRPRF, foi questionado pelo amigo e então reitor da UNG, professor Veronezi, que lhe conhecia desde sua graduação em Direito, se já havia concluído seu curso de gastronomia. A conversa franca entre os amigos rendeu e em 2014, o PRF Baccaro se formou em gastronomia pela Universidade Guarulhos.

  Indagado se a gastronomia seria uma terapia levando em consideração a profissão de PRF, Baccaro diz: “É uma ótima terapia, desde que me formei venho tentando melhorar cada vez mais, montei uma biblioteca sobre o assunto, cozinhei com muita gente boa, já deixei muitos amigos felizes. O problema é que às vezes me empolgo, faço vários pratos, que fica difícil guardar na geladeira... (risos)”, finaliza.

Tucca_02

Tucca_03